O que é meningite?

A meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Pode ser causada por diversos agentes infecciosos, ou também por processos não infecciosos como, por exemplo, medicamentos e neoplasias.

Entre os agentes infecciosos, as meningites bacterianas e virais são as mais importantes do ponto de vista da saúde pública e clinico, devido a sua magnitude, capacidade de causar surtos e, no caso da meningite bacteriana, a gravidade.

No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica, deste modo, casos da doença são esperados ao longo de todo o ano, com a ocorrência de surtos e epidemias ocasionais. A ocorrência das meningites bacterianas é mais comum no outono-inverno, e das virais na primavera-verão.

Crianças, jovens e adolescentes precisam se vacinar contra meningite!

Todas as faixas etárias podem ser acometidas pela doença, porém o maior risco de adoecimento está entre as crianças menores de 05 (cinco) anos, especialmente as menores de 01 (um) ano de idade. Na doença causada pela bactéria Neisseria meningitidis, além das crianças, os adolescentes e adultos jovens têm o risco de adoecimento aumentado em surtos.

Na meningite pneumocócica (causada pelo Streptococcus pneumoniae) idosos e indivíduos portadores de quadros crônicos ou de doenças imunossupressoras também apresentam maior risco de adoecimento. O sexo masculino também é o mais acometido pela doença.

 

Meningite tem cura?

Sim, a maioria dos casos evoluem para cura. No entanto, é necessário assistencia médica na vigência dos sintomas.

A depender do agente etiologico causador da doença, em alguns casos, podem ocorrer sequelas como: surdez, crises de epilepsia, danos cerebrais, amputação de membros, dificuldades de aprendizagem além de problemas comportamentais.

Meningite mata?

Sim. Principalmente as causadas por bactérias, como por exemplo, a meningite pneumocócica e a meningite meningocócica, que pode apresentar-se associada à meningococcemia. Nesse último caso, a doença pode evoluir de forma fulminante, levando ao óbito em poucas horas.

Nas meningites causadas por vírus, geralmente a evolução é mais branda e o prognótico da doença é menos grave que na meningite bacteriana.

Sorogrupos da Meningite:

O termo “sorogrupo” diz respeito a classificação da bactéria Neisseria meningitidis (também chamada de meningococo) que causa a doença meningocócica.

A doença meningocócica (DM) caracteriza-se por uma ou mais síndromes clínicas, sendo a meningite meningocócica a mais frequente delas e a meningococcemia a forma mais grave.

São, ao todo, 12 diferentes sorogrupos: A, B, C, E, H, I, K, L, W, X, Y e Z. No Brasil, os principais sorogrupos circulantes (que causam a maioria dos casos de DM) são o B, C, W e Y.

Estes sorogrupos já foram identificados em praticamente todas as Unidades Federadas, em maior ou menor frequência. Entretanto, o sorogrupo C permanece sendo o principal sorogrupo causador de doença meningocócica no Brasil, responsável por 60% dos casos da doença meningocócica.

No Brasil, a doença meningocócica é endêmica, com ocorrência de surtos esporádicos. Embora os casos de DM sejam esperados ao longo de todo o ano, a maioria deles ocorre nas estações mais frias, no outono-inverno.

Acomete indivíduos de todas as faixas etárias, porém aproximadamente 30% dos casos notificados ocorrem em crianças menores de 5 anos de idade. Os maiores coeficientes de incidência da doença são observados em lactentes, no primeiro ano de vida. Nos surtos e epidemias, observam-se mudanças nas faixas etárias afetadas, com aumento de casos entre adolescentes e adultos jovens.

O tratamento para a doença meningocócica (independente do sorogrupo) é hospitalar, por meio de antibioticoterapia, que deve ser instituída o mais precocemente possível. O uso de antibiótico deve ser associado a outros tipos de tratamento de suporte, como reposição de líquidos e cuidadosa assistência.

A proteção contra o meningococo é conferida por vacinas que são “sorogrupo específicas”. Existem vacinas contra os principais sorogrupos que causam a doença meningocócica, a saber: A, B, C, W, Y.

A vacina conjugada contra o meningococo do sorogrupo C (MenC) está disponível no Calendário de Vacinação do Programa Nacional de Imunização (PNI/MS) nas seguintes circunstancias:

1) imunização primária: duas doses, aos 3 e 5 meses de vida, e o reforço, preferencialmente, aos 12 meses de idade, podendo ser administrado até os 4 anos de idade;

2) adolescentes entre 11 e 14 anos;

3) pessoas em condições especiais de saúde atendidas nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE/PNI/MS).

*As vacinas para os outros sorogrupos não estão disponíveis no SUS.

 

Comments are disabled.